quarta-feira, 15 de abril de 2009

banhada pelo oceano

não me chame de louca
não cometa esse desvario
eu jamais perdoaria

depois que te conheci
tenho vontade de beijar o mar
abraçar o mal
[calma: é o sal]
apalpar o mar
às escondidas
expulsar o mal
 [salmo tal]
colocar o mar
no pódium
coroá-lo com louros da vitória
ou nesse recipiente imenso
[meu coração]
ainda dizer
há espaço de sobra
pra mar, mar e amar
amar

bem ou mal
ser tao
tal é meu amor
oceânico

0 comentários:

Postar um comentário