quinta-feira, 23 de abril de 2009

máscaras

você reluz
qualquer dia desses
dou à luz
sou sua, sou sua
minhas mãos numa cruz

nas minhas chácaras
muitas máscaras
suas xícaras
entornadas
me chocam

ninguém me seduz
champanhes e chás
entornados
nos meus seios
me checam

0 comentários:

Postar um comentário