domingo, 12 de abril de 2009

registro tristeza
de teus olhos solitários
lágrima, ninguém vê
oculta
no teu peito

registro inquietude
de mil folhas escritas
na pressa
da impressão
dos livros
livres
pássaros
de mão em mão

0 comentários:

Postar um comentário