terça-feira, 21 de abril de 2009

tesouro de asas

eduardo, asas de tesoura
cortando ares da imaginação
planando sobre oceano de dor
mergulhando em bravas ondas, bravatas
tantas palavras

eduardo, olhos de tesoura
veem so(m)bras atirando-as longe
se fazendo Homem Novo
arco e íris surpreendem
arco e mecha
treva e luz
num duelo permanente

eduardo, dedos de tesoura
tatuando na pele de cada um
por onde passa
impressão digital
marca da fera também ruge
não passa despercebido
tanto e tão é você
eduardo
alma de ternura

eudardo, coração de tesoura
coração pensante, cortante
mente cordial
cordial amante
não desfolha
pétalas da SENDA te chamando
eduardo
eduardo
eduardo

0 comentários:

Postar um comentário