sexta-feira, 15 de maio de 2009

céu é o limite

nascer de novo
é preciso
junco
narciso

voar em borboletas
pelas flores
larvas

beijar o mel
receber chave
do céu

2 comentários:

  1. Oi Jura, sua habilidade com as palavras é admirável... Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Olha quem fala...rs rs
    Obrigada, amiga.
    Beijos,
    Jura.

    ResponderExcluir