sexta-feira, 8 de maio de 2009

dilacere, fotografe

agora deu de lamber selos
ande, fotografe
rasgue a saia-envelope
serei objetiva
não sou o que sou
o que você vê
nem o que dispensa
sou o que aparento
eterno ser

Um comentário:

  1. Poxa, quanta destreza na linguagem poética. Bjs floridos. Feliz dia das mães !!!!!!!

    ResponderExcluir