sexta-feira, 1 de maio de 2009

doce elisa

vem, elisa
solta os cabelos
descalça os pés
esse chão pisa
devagar

vem, elisa
sorria, vida te chama
pisa na grama
sinta a brisa
de verão

vem, elisa
linda criança
charmosa moça
no meu colo
toda prosa
cheia de esperança

vem, elisa
boneca risonha
sonha, sonha
vida cor-de-rosa
vem, menina manhosa
dorme nesse mar
de amor

doce elisa
manhã primaveril
muitas borboletas

2 comentários:

  1. Oi Juracy, eu tenho uma filha chamada Ana Elisa e amei este poema, que encanto ! Obrigada por seu carinho em meu cantinho.Já linkei seu blog e certamente vou voltar muitas vezes. Bjs floridos.

    ResponderExcluir
  2. Quanta coincidência. Fiz pra minha filha em 1980, quando ela nasceu. Beijão. Jura.

    ResponderExcluir