sexta-feira, 15 de maio de 2009

mar de amor

pela poesia
a vida vale a pena

vale pelos filhos
pelas perdas
pelas vãs vitórias
vale pelo vale
vale pelo Vale um Beijo
recebido
no pedacinho de papel
com desenho de uma boca

vale pela lembrança
mesmo se não há mais lembrança
vale pela dor
agora é cicatriz
vale pelas palavras
que se espera ouvir
ou pensamos merecer
quem dera

Um comentário: