quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO DE NOVO

cinco minutos
pra nova década

os cãe assustados
buscando meu colo
fogos estourando seus tímpanos
e meus

também eu
rogo por silêncio
ano novo sem artifícios
sem artes
nos ofícios

silêncio para rogar
por meus irmãos
encarcerados
dentro e fora
das prisões