segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

ritchie, outra vez

agora vem ritchie
outra vez
e seu ritmo sereno de saber
o amor

corpo é dado ao prazer
alma, ao romance
prefere, de coração
satisfazer a alma

tento não ceder
a tantas tentações
chamados da alma
justo eu, per jura

outra vez
menina
bebo
do próprio veneno


24/12/09.

RITCHIE

http://www.ritchie.com.br/ - adquira DVD/CD e Blu-ray autografados.


4 comentários:

  1. Logo cedo, beber o límpido veneno da tua poesia é alimentar o sangue para mais um ano de renhida luta contra o absurdo da existência! tua Josie

    ResponderExcluir
  2. Outra vez menina
    que empoema a gente
    deixando-nos bem mais próxima
    do lado oculto de Deus
    Bem dito Ritchie
    Bem dita és...
    BENDITA!

    Adoro ler-te!
    Cheiros demorosos de tudo que é
    lícito e doce

    Z

    ResponderExcluir
  3. Três meninas-veneno aqui juntas: Josie, Zenilda e eu.
    Estou corrigindo as letras do Ritchie no Terra.
    Fã e revisora...botem veneno nisso. hahaha
    Beijos, Batgirls.
    Jura.

    ResponderExcluir
  4. Menina Veneno,
    Peixe morre pela boca!!
    Pronto, Juracy, agora sim esta desfeito o mistério!!Ele fez a musica, fez sucesso, não me disse nada e finalmente, você revelou o segredo neste poema ao Ritchie: Vocë é a Menina veneno do Ritchie. O Brasil em peso vai saber.Precisamos conversar: eu você e Ritchie!!!
    à bientôt
    Jô - Principado de Mônaco

    ResponderExcluir