sábado, 2 de novembro de 2013

trans parente



se me vejo
encarcerada
em correntes
pendentes
abro os braços
às asas do espírito

nada me prende
portanto
voo




0 comentários:

Postar um comentário