domingo, 1 de novembro de 2015

poesia não é algo com agenda hora marcada pássaro pousa no ombro canta seu dia/ de sorte

0 comentários:

Postar um comentário