quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO DE NOVO

cinco minutos
pra nova década

os cãe assustados
buscando meu colo
fogos estourando seus tímpanos
e meus

também eu
rogo por silêncio
ano novo sem artifícios
sem artes
nos ofícios

silêncio para rogar
por meus irmãos
encarcerados
dentro e fora
das prisões

sábado, 19 de dezembro de 2009

revistando revistinha

rasgo
engasgo
na espinha

em plena
era de aquário
magali comendo
peixe do aquário

era de peixes
já era

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

please do

se não vir
em minha poesia
amor
redenção
alegria
compaixão
paz

vale a pena
(se) olhar de novo

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

matilha

madrugada
barulho fora
medo salta
aos olhos

solto
cachorros

domingo, 13 de dezembro de 2009

lar DOCE lar

belo dia
habitaremos
o planeta Doce

lá, irmãos são irmãos
não são parte
de cardápios

domingo, 6 de dezembro de 2009

tiffany, híbrida-de-chá

rosa que te quero rosas

minha mãe amava
favorita entre tantas
recusa renitente aos espinhos?
fazia mudas
presenteava

voltou aos céus
sem saber seu nome

tiffany
desabrochando hoje
chuva de alegria
das pétalas
no absoluto favoritismo
de olívia