segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

estelar doce lar


só agora
comecei a me perguntar
sinceramente
olhos nos olhos

quem sou?
de onde vim?
qual o meu propósito
nesta existência?
pra onde vou?

mais de 400 bilhões de estrelas
nas galáxias
uma delas - o berço
há de me chamar
de volta
ao lar


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

vamos nessa



despertando
do sono profundo
canto dos pássaros
nos ciprestes
cheios de orvalho

a montanha
na chuva
silêncios profundos

cavalos nos pastos
bom-dia, amigos

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

feliz natal dia a dia



maltratava o analista
de internet e telefonia

precisava desejar feliz natal
aos familiares, amigos
não havia conexão

até descobrir
o analista
é o menino jesus

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

o baile já começou



na escola
crianças me mostram
rigidez no meu corpo

apontam com o dedo
barra-manteiga
na fuça da nega

terça-feira, 13 de novembro de 2012

não chora, neném



12/12/12
não vai acontecer
nada de ruim

no seu coração
vai abrir uma cratera
de puro amor

simples assim

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

a espera bem-me-quer



se penso
: ele já chegou

engano
falso alarme
tenho de começar
tudo de novo

marciano,
a sorte acredita
em mim?

domingo, 11 de novembro de 2012

sim, sazonal



moro
num país sem igual

abençoada por deus

aflita
por natureza

a nova mulher verde



iara, me quero verde
mãe-d'água
tal qual sou
cada vez mais verde

verde encanto
matizes diferentes, mundo verde
chuva de montanhas pra todo lado

pele verde
com ela o planeta é revisto
revestido revertido convertido

encontro verde
ao som da voz verde
dos bichos misturada à minha
emails sempre verdes
a cor dos olhos reflito
contente com a lente
vertente

respiro verde
choro verde
rio verde
amo verde
ouro verde

curadora, salvar a terra
do abismo
receber a bênção da mãe-terra
quando nos aninharmos nos seios dela

tudo ver de
sorte que sejamos maduras
mesmo verdes

sábado, 10 de novembro de 2012

quanto mais festa melhor



juscely e simone
simone, cunhada, e juscely, mana
10 de novembro
scorpio

parabéns
ano novo
agora!

livres fadas
- yo lo creo -

vai depender
se vocês
vão querer

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

gracias, nobre colega



a graça
na sentida lágrima da gracias

buscando no fundo da alma
- petição urgente -
a beleza que se vê

jura
no poema da jura

sábado, 13 de outubro de 2012

beijo na alma


rubinho
siga a clara luz azul

busque a memória
da rose, do erick, da isabela
outros parentes, amigos

siga a voz dos mestres
volte sempre
a nos fazer felizes
para sempre



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

e o susto no facebook


toda sinceridade do mundo
segurando minhas mãos
: a mesma sorte
que desejo ao erick nos estados unidos
desejo ao rubem na austrália

meus olhos lacrimejaram
fiquei muda
susto



saudade do colo de deus

                             
vi rubinho
na esquina
num bate-papo
com amigo

vi rubinho
em frente ao banco
outro amigo

tantos adeuses?

vi rubinho
atravessando
rua movimentada
com happy no colo
happy dog

quando passo
passo
de pantera cor-de-rosa
[lembra, rose?]
meu olhar até hoje
procura rubinho
para entregá-lo
à mais doce amiga


rubens lopes de siqueira
29-09-1952 / 26-06-2012

sábado, 8 de setembro de 2012

[e] terno amigo Rubinho - Rubens Lopes de Siqueira




Logo postarei aqui a homenagem ao marido da Rose, amiga do mais íntimo do meu coração -  Rubinho, que foi convocado pelo Anjo em 26 de junho. Descanse em Paz, Rubinho.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

a re-volta ao blog da vida

ouço tudo
ou quase

não dissesse
não esquece
se esquece

toda ouvidos
ao que disse
e o que não disse

amo papelices
adoro alice

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

eu aprendi bem minha lição

minha filha
no primeiro ano de vida
rasgou uma página
de um livro precioso
- obras completas -
de monteiro lobato

bati de leve na mãozinha dela
ela começou a soluçar
: mãezinha! mãezinha! mãezinha!

um bom tempo
tenho comido
na mãozinha
que apanhou

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

o mago

tanto me deu
deu no que deu

não dói
e o barquinho vai