domingo, 12 de abril de 2009

mãe-terra




in memoriam (1935-2007)

olá olívia
mulher de pouca estatura
e muito fazer
fio-terra
manto que cobre
os filhos
bezerros órfãos de pai

alô olívia
te vejo
neste ensejo
criando as crias
germinando a luz
vinda de Deus
que recebo de você

elo
olívia

4 comentários:

  1. Mãe, posta a foto da vó nesse poema.

    ResponderExcluir
  2. Boa ideia. Só que ainda não sei fazer isso no blog. Você me ajuda? Beijos, Mãe.

    ResponderExcluir
  3. Ficou linda essa foto. Saudade.

    ResponderExcluir
  4. Escrevi esse poema na oficina do Pérsio Assunção.Vou pedir pra ele colocar melodia.

    ResponderExcluir