sexta-feira, 27 de agosto de 2010

dolorido nascer das brumas, bruna

convulsões do nascimento
caloroso este útero
onde me protejo

alto lá!
2 de outubro logo bate à porta
ulalá! seja bem-vinda, bem-amada
bebezinha de cabelos negros
sorriso largo, mente clara
decidida a nascer
no dia do anjo de guarda

todos os budas te abençoem
todos os anjos te protejam
bruníssima, morena
filha única, preciosa
de meu irmão caçula

2 comentários:

  1. Juracy passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo Rocha

    ResponderExcluir
  2. Querido Rodrigo,
    Linda mensagem. Você reconhece um longo trabalho nesta literatura. Dedicação de toda uma vida, renúncia, muito suor e muitas alegrias, como a que você me trouxe.
    Cassiano Ricardo, nosso poeta joseense, disse:
    "Que é o poeta?
    Um homem que trabalha o poema com o suor de seu rosto.
    Um homem que tem fome como qualquer outro homem."
    Obrigada por seu carinho, volte sempre que puder, bênçãos na sua vida também, e conte sempre comigo.
    Forte abraço,
    Jura.

    ResponderExcluir